Como escolher meu compressor odontológico.



Utilizados em hospitais e até em indústrias farmacêuticas, os compressores odontológicos possuem a função de fornecer ar comprimido para que outros equipamentos possam funcionar. Entretanto, escolher qual modelo atenderá melhor suas necessidades torna-se uma tarefa difícil e além de várias determinações como a RDC 50/2002, o mercado possui muitas opções disponíveis. Pensando nisso, daremos algumas dicas para que você acerte na escolha e nos cuidados com seu compressor. Vamos lá?


Instalação Em primeiro lugar, saber onde instalar este equipamento é essencial, já que os compressores odontológicos necessitam de cuidados redobrados. Para evitar ao máximo sua contaminação, instale-o longe de locais que acumulem resíduos e evite utilizar compressores com óleo.

É importante ter uma tubulação planejada para instalar este tipo de equipamento que distribua corretamente o ar para todos os ambientes necessários, pois quando implantado em uma sala clínica, o acúmulo de calor e ruído incomodará tanto o profissional quanto seus pacientes, então melhor prevenir.  É importante que o seu compressor apresente nível de ruído menor que 70dB, garantindo assim que o barulho não se torne um problema.


Cuidados necessários com um compressor odontológico Manter uma rotina de cuidados com seu equipamento estenderá a vida útil dele, portanto, inclua em sua lista atividades que previnam assim como auxiliem a identificar a raiz dos problemas que poderão vir a surgir. Primeiramente, verifique a saída de ar do tanque que deverá estar aberta. Em seguida, feche o dreno do tanque e dos filtros e verifique o nível do óleo, para prevenir quaisquer vazamentos. Por último, certifique-se de que foi desligada a chave elétrica de seu compressor odontológico e abra tanto o dreno quanto todos os filtros do equipamento.

Eventualmente, é importante solicitar uma visita técnica, para que um profissional habilitado faça a regulagem da pressão do ar. Esta medida deve ser tomada logo que se observar qualquer irregularidade no funcionamento do aparelho.


Qual compressor escolher para consultórios? Como dito anteriormente, deve-se evitar o uso de compressores à base de óleo, já que estes oferecem risco de contaminação, devido a possibilidade do óleo se misturar ao ar. Além disso, este tipo de equipamento aumenta a deterioração dos instrumentos utilizados no dia a dia.

Os compressores Biotron não só são isentos de óleo, como ainda oferecem tratamento antioxidante e nível mínimo de ruído, proporcionando biossegurança e qualidade ao usuário.


Com essas dicas você com certeza irá aproveitar seu compressor da melhor maneira possível! Gostou do artigo? Compartilhe sua opinião conosco!

  • Facebook Social Icon
  • Instagram ícone social
  • YouTube ícone social

Copyright © Biotron 2016 - Todos os direitos Reservados