Tudo o que você precisa saber sobre Autoclaves



A Autoclave é um equipamento que realiza a esterilização de diversos tipos de materiais. É amplamente usada em hospitais, na indústria farmacêutica, laboratórios ou qualquer ambiente que necessite de higiene intensa e contínua. Nesse artigo, mostraremos o que você precisa saber das autoclaves, não apenas sobre os cuidados, mas também algumas curiosidades. Vamos lá?


O que é esterilização?

O processo consiste no extermínio de qualquer forma de vida de microrganismos, impedindo sua reprodução e consequentemente, provocando a morte dos germes. O procedimento na autoclave, ocorre por meio do uso de calor do vapor, ou seja, através de um meio físico. Este calor destrói vários processos essenciais para a vida de microrganismos, gerando por exemplo, a coagulação e desnaturação de enzimas. Quando o instrumento que passou pela autoclavagem está com probabilidade de contaminação muito baixa, pode-se dizer que está estéril.


Autoclave ou Estufa?

Ambos os equipamentos oferecem o mesmo nível de eficiência para esterilizar os mais diversos instrumentos. Basicamente, a diferença entre eles é o meio utilizado para assepsia. Enquanto a estufa atua somente com o calor, a autoclave utiliza umidade, pressão e calor. É importante ressaltar que a estufa, por não possuir trava, pode vir a apresentar menor eficácia caso o usuário interrompa os ciclos de esterilização, pois quando aberta, ocorre um desequilíbrio térmico, o que diminui a eficácia do processo. Já a autoclave possui uma trava, o que impossibilita a interrupção dos ciclos.

Cuidados com o equipamento

É importante manter uma rotina de cuidados com seu equipamento, e para checar o funcionamento e qualidade dele, necessita-se realizar testes biológicos e químicos. Caso o procedimento não apresente os resultados desejados, os possíveis motivos são:


- Volume e disposição dos materiais: Os pacotes devem ser bem distribuídos dentro do equipamento de forma que não toquem nas paredes da câmara e estejam bem espaçados. Deve-se inserir todos os pacotes na máquina de modo que caso ocorra algum vazamento, a água seja escoada para fora e o vapor possa se movimentar internamente.


- Ar em local indesejado: A presença de ar dentro da câmara interna da autoclave atrapalha a entrada do vapor nos pacotes, e a mistura deles torna o processo menos eficaz, pelo ar não ser um bom condutor de calor, bastando uma leve corrente dele para aumentar, e muito, o tempo necessário para a esterilização do pacote. Outro ponto é que enquanto as autoclaves horizontais são equipadas com uma válvula de expurgo, as verticais não possuem esta característica.


- Vapor irregular: Ocorre geralmente no início do ciclo, diminuindo a capacidade da vaporização, assim como não secar a máquina corretamente favorece a contaminação dos utensílios pelos microrganismos trazidos pelo ar.


Agora que já resumimos os pontos mais importantes sobre um dos equipamentos mais eficazes quando o assunto é desinfecção, basta você escolher qual modelo melhor se adapta ao seu trabalho. Siga as nossas dicas para aumentar o tempo de vida útil do seu produto.

Gostou do artigo? Compartilhe sua opinião conosco!

  • Facebook Social Icon
  • Instagram ícone social
  • YouTube ícone social

Copyright © Biotron 2016 - Todos os direitos Reservados